quarta-feira, março 31, 2010

Quero um dia para chorar.

Quero um dia para chorar.
Um dia somente. Um dia entre tantos.
Para se entregar, não tentar ser forte ou guerreira.
Ser simplesmente humana.
Chorar, sofrer, permitir-se.

Quero um dia para chorar.
Por todas as dores do mundo, dos outros.
E por todas as minhas dores,
Trinta e um anos de dores contidas.

Quero um dia somente para poder ser plena.
Sem disfarces, sem máscaras, sem tentar mostrar que está tudo bem.
quando não está.

Quero me esconder do mundo e sofrer tudo, até o último minuto, o último instante.
E depois, então, secar as lágrimas e continuar.

"Por que se você parar pra pensar, a verdade não há!" Renato Russo.

sábado, março 06, 2010

E os dias vão passando...

Dias estranhos.
Tenho passado muito tempo pensando na vida e nas coisas da vida e pouco tempo realmente vivendo.
È engraçado como as coisas acontecem e vem acontecendo ultimamente.
Tento escrever, meu teclado pira e começa a trocar as letras, pontos, frases.
E quando penso em desistir, tudo volta ao normal. Estranho.

Será um sinal? Talvez deva parar por aqui e continuar somente pensando.
Não sei.

Ando sonhando pouco, acordando no meio da noite, dormindo pesado.
Ando com sono, muito sono.

A verdade é que estou à procura de um sentido pra tudo. E no momento, não estou encontrando.
Enquanto isso, deixo as palavras sairem livremente, mesmo que sem sentido.
Talvez essa enxurrada de palavras me tragam de volta à realidade e deixem a confusão da minha cabeça um pouco menos embaralhada.
Talvez não.

Enquanto a criatividade não volta e a inspiração é curta, ando me inspirando com a criatividade alheia. Quem dera eu tivesse metade dessa criatividade...

Se inspirem também...



A letra dessa música diz umas verdades, talvez as minhas verdades.

.É isso.
Related Posts with Thumbnails