domingo, julho 30, 2006

..:: ELISABETHTOWN ::..

Ontem assisti o filme "Elisabethtown". Nossa! Esse filme me fez pensar em um monte de coisas.
O FRACASSO por exemplo. O que vem a ser fracasso. Fracassar é errar tentando acertar. Então não acho que seja propriamente um fracasso. Pois ao menos tentamos acertar. Acho que fracasso é não tentar. Errar em alguma coisa nos faz crescer e querer acertar da próxima vez. Sempre há a possibilidade de se acertar.
"Quando tudo está perdido, sempre existe um caminho. Quando tudo está perdido, sempre existe uma luz".
TENTATIVA E ERRO.
TENTATIVA E ACERTO.
Uma das coisas mais bacanas do filme é a descoberta. De si mesmo, dos lugares, das pessoas, das infinitas possibilidades.
Eu gostaria de ter tido a possibilidade de conhecer novos lugares com meu pai. Mas o destino quis que fosse diferente. Não tive a chance de levá-lo nos lugares que mais gostei, nem ele teve a chance de me levar onde ele mais foi feliz. Mesmo que fossem somente suas cinzas. Deixar um bocadinho dele em cada lugar especial pra mim. Nas Cataratas do Iguaçu, em Cabrália, em Maringá, na Guarda ou na Enseada.
Fazer uma viagem por novos lugares e deixar um pouco de si em cada um deles.
Às vezes a gente se perde no meio do caminho! Preciso também de um mapa pra me achar nessa vida. Um mapa com todos os lugares mais interessantes e a trilha sonora.
E se por acaso eu errar o caminho, é possível encontrar uma rota alternativa com mais infinitas possibilidades! Essa é a vida! A minha VIDA!

"Se não fosse isso, seria outra coisa!"

Ah!! E lembre-se:
"Você tem 5 minutos pra mergulhar na tristeza absoluta.
Aproveite, desfrute, descarte.
E siga em frente..."

Permaneça na SUA ROTA... pois aqueles que se arriscam... VENCEM!


..:: Enseada de Brito/SC - 21/07/2006 ::..


..:: O TEMPO ::..

Estava pensando no tempo!
Como o tempo passa rápido. Quando nos damos conta já passou. Parece que foi ontem que fiz 18 e lá se vão dez anos desde então.
Fico pensando nisso e me assusto, pois fiz muito pouco do que tinha programado. Pensei que quando chegasse aonde estou, já teria feito mil coisas; mil lugares ainda por conhecer...
O tempo é tão relativo. Passa rápido demais quando estamos fazendo coisas que sempre desejamos, mas demora muito pra passar nos momentos chatos.
Dizem por aí que "tudo o que é bom dura o tempo necessário para ser inesquecível". Será? Às vezes acho que não, que mesmo sendo inesquecível deveria durar mais!
Pensamentos, desejos, divagações!
Queria ter mais respostas do que perguntas.
Quando criança eu imaginava que quando chegasse perto dos 30 já teria vivido tudo. Que nada. Acho que não vivi nada ainda. Tenho muita coisa por fazer. Estou só começando.
Quando se é criança a gente viaja nessas ondas de ser adulto, de se poder fazer tudo. Que engraçado! Crescer é bem mais complicado. Acho que não vou crescer nunca. Vou ser sempre meio menina! Tomara!

O Tempo me intriga!

Guarda do Embaú - 18/07/2006

..:: GUARDA DO EMBAÚ ::..

Que dia especial...
Acordamos com um sol de verão. Sem vento, pra ficar melhor ainda. De cara pensamos na Guarda. Dias assim são maravilhosos na Guarda.
E não estávamos errados.
A mãe natureza foi generosa com esse lugar.
Achamos uma piscina natural no meio do costão. Impossível não cair na água. Que delícia!!! Iemanjá está lavando nossa aura pra mais uma jornada. Repor as energias, limpar os pensamentos em contato com essa beleza esplêndida.
Estou sentada numa pedra observando o vai e vem das ondas nessa lagoa formada no meio do costão. Como é bom sentir a vibração do mar e do sol.
Às vezes me dá vontade de voltar a viver perto do mar. Poder caminhar na praia toda manhã é um privilégio que só nos damos conta quando não podemos mais fazer.
Gosto da Guarda assim, quanto está deserta. No verão está quase impossível vir pra cá. Tem gente pra todo lado, gente que não respeita essa natureza, esse SILÊNCIO!
Silêncio... como está raro ficar no silêncio ouvindo os sons da natureza. Da água nas rochas, das gaivotas ou do vento.

Silêncio!
Escute o teu eu interior te dizendo coisas importantes!

Estou feliz de estar aqui vivendo esse momento...
É isso!

Guarda do Embaú/SC - 18/07/2006.

quarta-feira, julho 26, 2006

..:: MOVIMENTOS E MOMENTOS ::..

Estive pensando em milhões de coisas que eu gostaria de colocar aqui, mas estou sem inspiração para escrever coisas poéticas, interessantes, ou sábias...

Hoje foi um dia muito especial. Momentos de férias, em todos os sentidos.
Curtimos as ondas dos costões da Guarda do Embaú. As ondinas estavam a mil, seus ventos alucinantes não nos permitiram curtir o sol da Guarda. Em dias como esses ficamos quase sem ação perante a força da natureza.
Que interessante apreciar os pescadores na labuta diária. Em um momento, só observam, esperam... depois a recompensa... o peixe, a Tainha. Ninguém fala, mas se comunicam na linguagem do universo. Eu fiquei imaginando o que passa na cabeça deles momentos antes de se decidirem por jogar a tarrafa. O peixe está ali, mas eles tem que saber o momento certo. E na vida também é assim. Também nós, às vezes, falamos ou agimos no momento ERRADO e o tempo passa. Temos então que entrar novamente em sintonia com o universo e esperar o momento de jogar a tarrafa da vida.
Tudo são momentos. Bons ou ruins, sábios ou imbecis. Depende de nos conectarmos com o tempo certo. E como isso é difícil. Entrar em sintonia e acertar o ponto. NOSSA!!! A arte esté em achar o ponto certo da linguagem universal.
Tentei entrar em sintonia com toda essa natureza hoje. Olhando o mar, os carneirinhos das ondas, a água batendo nas pedras. Fiquei pensando como é perfeito o movimento das ondas.
Foi muito bom esse contato com a natureza. Me senti pequena perante a magnitude do universo. E com vontade de realizar coisas grandes! A altura do tempo e do espaço! UFA!

O UNIVERSO COMEÇA ATRÁS DOS OLHOS!!!

Enseada de Brito, 13/07/2006.

..:: BRINCADEIRA DE CRIANÇA ::..

Eu estava recordando das minhas brincadeiras de criança. Da época em que ainda não tínhamos computador.
Nossa.... como eu curti minha infância. Passava o dia na Praia das Gaivotas, curtindo o mar, a areia, brincando com as conchinhas. Ou ainda comendo frutas das árvores dos vizinhos. Que Delícia!
Uma brincadeira que nunca mais vi é a brincadeira do Elástico. Nós curtíamos um monte. Nos reuníamos em uma turminha de meninas para pular "elástico". E tinha toda uma sequência, como eu gostaria de lembrar de todas. Era muito legal!
Hoje a criançada está sempre na frente do computador ou do vídeo game ou ainda pior da TV. Não brincam mais na rua como fazíamos.
Lembro também dos Jogos de Tabuleiro. Entre os mais comuns estão trilha, dama, ludo. Mas gostávamos mesmo era de Banco Imobiliário, Jogo da Vida, Detetive. Ficávamos horas a fio entretidos jogando. Gostávamos também de rolhada e detetive, vítima e ladrão. Mas daí tinha que ter bastante gente pra ficar bem legal o jogo.
Acho que essas brincadeiras fazem muita falta pras nossas crianças. Hoje em dia elas mal sabem conviver com as outras crianças da sua idade a não ser pelo msn ou orkut. Não curtem mais brincar de "esconder", "bate manteiga", "pega-pega". Estão crescendo cada vez mais rápido e perdendo a inocência cada vez mais cedo. Isso me assusta.
Sinto por eles que não tem mais a liberdade que nós tínhamos. Que precisam ficar trancados em casa por causa dessa violência desmedida. As crianças não estão mais podendo serem CRIANÇAS! É uma pena!
É isso!

segunda-feira, julho 03, 2006

Related Posts with Thumbnails