quinta-feira, julho 19, 2012

Shhh...


Silêncio.
Me abrace forte.
Me deixe sem ar.
Faça alguma coisa realmente importante.
Faça-me sentir especial.
Faça com que todos os meus problemas cessem.
Me tire o fôlego.
Me beije com ansiedade,
como se fosse a última coisa que você faria.
Fale-me coisas estúpidas, faça coisas realmente estúpidas.
Conte-me todos os teus medos,
os seus segredos mais profundos.
Seja você e me faça ser eu.
Não se importe com as aparências, o tempo,
com o que viveu antes de mim
com o que vivi antes de você.
Sinta como se eu fosse a primeira.
Faça-me sentir como se fosse a última, a única.
Assuste-me, surpreenda-me.
Beije-me
Cuide-me
Me transforme em você,
e seja eu.


terça-feira, julho 17, 2012

Quando os dias não passam...


Alguns dias são mais difíceis que outros. Dá uma vontade de largar tudo, colocar uma mochila nas costas e sumir do mapa. Mas você sabe que não pode fazer isso e continua caminhando. Não sabe muito bem pra onde vai, mas sabe que tem que ir.
Ando cansada de estar sozinha. Cansada de ter que resolver tudo sozinha sempre.
Faz tanto tempo que faço isso que já nem lembro mais como é dividir alguma coisa com alguém.
Eu sinto falta. Sinto falta de companhia, de ter alguém pra conversar, de poder ligar no meio do dia só pra contar uma banalidade qualquer.
E nesses dias, onde a solidão bate fundo e apertado no peito, onde o frio esfrega na tua cara que você está por si só e mais ninguém eu me recolho e fico em silêncio. Ou escrevo pra tentar amenizar o que sinto.
Tem dias que sinto falta de ser cuidada, de colo, de um abraço.
Tem dias que são realmente muito  mais complicados.


Related Posts with Thumbnails