segunda-feira, junho 21, 2010

Silêncio.

Silêncio,
Quando as palavras já não fazem sentido.
Silêncio,
Quando o sentido perde-se das palavras.
Silêncio,
Quando o mundo parece estar todo errado.

Simplesmente silencie.


Vou mergulhar no meu silêncio e ver se encontro o meu rumo.





"Hoje eu quero apenas, uma pausa de mil compassos..."

sexta-feira, junho 18, 2010

Como encontrar um sentido no meio da bagunça?

Há alguns dias que ando dentro de casa e vejo que tá tudo errado. Brinquedo espalhado, roupa em todo lugar, escritório bagunçado. E tenho me sentido perdida no meio disso tudo. Vejo simplesmente que não tem como encontrar um sentido no meio de tanta bagunça: seja interna ou externa! Minha vida está uma bagunça no momento.

Acordei com a sensação de que tinha que mudar algumas coisas pra que a vida entrasse novamente em prumo. Então tirei uns dias pra colocar minha vida em ordem e percebi o quanto acumulo coisas desnecessárias, quinquilharias, velharias, papéis inúteis, objetos quebrados, objetos que não fazem mais nenhum sentido.
Percebi o quanto minhas coisas estão jogadas, deixadas ao acaso. As realmente importantes estão perdidas no meio de tanta coisa inútil. E como é difícil se livrar de velhos hábitos e de velhas coisas.
Tenho percebido que isso é uma constante na minha vida.

Em outros campos também tem ocorrido muito isso.
E é um tal de energia estagnada em diversos sentidos da vida.

Comecei a tirar objetos das gavetas, coisas que eu sequer sabia que existiam. Sinal de que não fazem falta!
Aos poucos vejo minha casa tomando um novo rumo, e com ela minha vida também (espero!). Percebo que raramente tenho conseguido chegar ao fim de nada nesses meus longos anos de existência. Acumulo coisas que não uso, roupas que não gosto e projetos que não termino. Deixo tudo pela metade e sinto que minha vida está um pouco pela metade.

Preciso urgentemente chegar ao fim de alguma coisa para poder finalmente olhar pra trás e ter certeza de dever cumprido (ou de pelo menos ter dado um primeiro passo).

Apesar da bagunça que está por aqui (tem coisa espalhada por onde o olhar alcança) sinto que estou pela primeira vez no caminho. Talvez no meu caminho. Ou quem sabe a caminho!

Mas sinto pela primeira vez o gostinho de projetar algo e concretizar. Sensação maravilhosa!

Estou me sentindo muito bem. Com vontade de realizar coisas grandes.

Espero conseguir!

Se não consegue encontrar o rumo, consulte sua bússola interior. Com certeza vai encontrar um jeito de mudar o curso da sua história.

sábado, junho 12, 2010

Gosto mais do mundo quando posso olhar pra ele com vc!

Dia dos Namorados hoje.
Eu não sou muito ligada em datas pois acredito que elas são um tanto quanto comerciais nos dias atuais. Fica a cobrança pelo presente e, sinceramente, presente por presente pra mim não tem o menor sentido. Por isso raramente comemoramos essa data por aqui com presentes. Não que eu ache ruim quem o faça, mas simplesmente não faz parte da nossa história.
Acredito muito no amor, amo estar apaixonada, mas acredito que não é preciso uma data específica para que demonstremos ao outro o quanto ele é importante.
E também acho que devemos fazer dos dias comuns dias especiais, sem motivo, sem razão, simplesmente pelo fato de que deu vontade de fazer algo especial para a pessoa amada. Uma flor, o bombom preferido no meio da tarde ou simplesmente uma xícara de café quando você está atolado de trabalho são gestos, pequenos detalhes que demonstram o quanto somos importantes para o outro.

Falando desse jeito pode parecer que não sou romântica. Mas eu sou extremamente romântica, até melosa demais às vezes, confesso! E pra provar que o romantismo também faz parte do meu vocabulário, deixo-os com um de meus sonetos preferidos e uma música que faz parte da minha história com meu eterno namorado.

XX, te amo.
Feliz Dia dos Namorados!


Soneto de Fidelidade - Vinicius de Moraes

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

quarta-feira, junho 09, 2010

Saudade grande que aperta o peito.



"Desde o dia em que eu perdi minha mãe
Eu me perdi de mim também
Perdi no mundo o que era o mundo meu
- minha mãe

E eu não sei o que sou sem ela
Só sei que ela me deixou
Por que ela me deixou?
Por que ela me deixou?
Ela me deixou

Nesse dia, o dia em que eu perdi minha mãe
Eu me dei conta que eu estava só por minha conta".


Não tenho muitas palavras pra explicar o que sinto no dia de hoje. 
Só sei que sinto um vazio gigante dentro do peito. 
Vontade de deitar no teu colo, de te dar um abraço, te beijar.
Vontade de ter você por perto, mãe.

Feliz aniversário. Te amo pra sempre. 

Sinto demais a tua falta!


domingo, junho 06, 2010

Pra vc guardei o amor

Há 13 anos atrás nos reencontramos, passados 6 meses em que nos vimos pela primeira vez.
Nos reencontramos numa fria manhã ensolarada, exatamente igual a essa de hoje.
Numa peça de teatro, não poderia ser diferente.
Há 13 anos atrás nossas vidas se cruzaram por algum motivo.
Há 13 anos atrás você sem razão se atrasou para levar sua filha à creche. E para sua surpresa havia teatro na praça, no lugar mais improvável do mundo.
Há 13 anos atrás o destino nos colocou frente a frente, não sabíamos bem como ou por que.
Hoje eu sei, vendo nos olhos de nosso filho a força desse amor.
Nem sempre foi fácil, nem sempre foi bom. Houve de tudo nesse período. Houve muito drama, como não haveria de ter, né?
Mas houve amor, houve alegria, houve muita cumplicidade também.
Passamos por grandes perdas, sobrevivemos a elas pois estamos juntos e somos um.
Há 13 anos atrás eu te encontrei e te encontro nesse tempo dia a dia. Todos os dias.
Somos tão diferentes, mas isso nos faz tentar ser melhor para completar o outro. Temos inúmeros defeitos que às vezes magoam o outro. Deus como temos defeito!
Mas temos muito mais virtudes e no fim das contas acho que fazemos bem um ao outro.
Você me faz bem. Você me dá força e certeza pra continuar. Mesmo quando parece que não vai dar certo.
Obrigada por existir há 13 anos na minha vida, obrigada por deixar a minha história mais colorida e mais alegre. Obrigada por fazer parte do meu destino. Obrigada por nosso filho lindo.
"Pra você guardei o amor que nunca soube dar".

Pra você guardei o meu amor.
Te amo hoje e para sempre.
Feliz aniversário.
tua xgotinha.


Pra Você Guardei o Amor
Nando Reis


Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que aprendi vendo meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar

Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

sexta-feira, junho 04, 2010

Tem dias.

Tem dias que você sabe que está tudo bem, ou que um dia ficará tudo bem.
Tem dias que você acorda e tem certeza das incertezas da vida.
Tem dias que tudo conspira a seu favor.
Tem dias que você vai remando e continua, mesmo com uma baita correnteza te empurrando de volta.
Tem dias que tudo à sua volta te mostra o quanto é bom viver.
Tem dias que você se sente inspirado.
Tem dias que você se sente amado.
Tem dias que você tem certeza que os amigos e as pessoas importantes estão ao seu lado.
Tem dias que você se sente feliz até com a chuva caindo lá fora.


Hoje não é esse dia.

"Já não tenho dedos pra contar, de quantos barrancos despenquei.
E quantas pedras me atiraram, ou quantas atirei.
Tanta farpa, tanta mentira.
Tanta falta do que dizer.
Nem sempre é so easy se viver!"
Lulu perfect.







Related Posts with Thumbnails