quinta-feira, dezembro 30, 2010

Comprometa-se

É, e lá se vai mais um ano. Não sei se sentirei falta de 2010, mas com certeza sinto que poderia ter sido um ano melhor. Sempre tenho a sensação de que ficou faltando algo.

O ano novo se anuncia como uma página em branco, e só a nós cabe escrever o que será desse ano novinho em folha. Cabe a nós redesenhar um ano melhor, fazer o que precisamos fazer, correr atrás das coisas que nos são essenciais. Cabe a nós fazer desse novo ano um ano de realizações e conquistas.

Olho para 2011 e tento preencher seus dias como se fossem linhas, frases e parágrafos.
Escrever essas linhas com poesia e música, decorar a página com corações e estrelas.
Para que em seu último dia eu possa olhar para trás e reler uma linda história escrita.

Aos votos que todos fazemos, um pouco por costume, outro tanto por tradição, falta-nos talvez um pouco de comprometimento de nossa parte de fazer com que o ano que se anuncia seja realmente um ano bom.

E é esse comprometimento que eu pretendo ter para que 2011 seja realmente um ano feliz e próspero.


Comprometa-se a fazer do seu ano novo um ano bom!

Só depende de você.

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Quando fui chuva

Sabe quando uma música diz tudo sobre o seu momento?
Pois é, descobri "Quando fui Chuva" ontem.
E estou apaixonada por ela.
Essa sou eu, cantada por eles.
Poderia ter escrito essa letra, se eu fosse capaz.



Quando Fui Chuva

Composição: Luis Kiari e Caio Soh

Quando já não tinha espaço, pequena fui
Onde a vida me cabia apertada
Em um canto qualquer,
Acomodei minha dança, os meu traços de chuva
E o que é estar em paz
Pra ser minha e assim ser tua

Quando já não procurava mais
Pude enfim nos olhos teus, vestidos d'água,
Me atirar tranquila daqui
Lavar os degraus, os sonhos, as calçadas

E, assim, no teu corpo eu fui chuva
... jeito bom de se encontrar!
E, assim, no teu gosto eu fui chuva
... jeito bom de se deixar viver!

Nada do que fui me veste agora
Sou toda gota, que escorre livre pelo rosto
E só sossega quando encontra tua boca

E, mesmo que eu te me perca,
Nunca mais serei aquela que se fez seca
Vendo a vida passar pela janela


É isso.

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Quando tudo está perdido, sempre existe um caminho.

Às vezes, quando você menos espera a vida te mostra que ainda há um caminho.
Mesmo que você acredite que nada tem sentido, você consegue enxergar uma luz no fim do túnel.
É uma luz fraquinha, mas ela já existe.

Caí da cama cedo, tive sonhos estranhos, interessantes.
E enxerguei uma luz fraquinha.
Ainda não sei o caminho e nem sei se vou saber tão cedo.
Mas já é alguma coisa.

Bom dia de chuva pra todos...



"Eu fiquei maluca, por flor tenho loucura."
É isso.

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Tem dias que só com Legião



Vento no Litoral

De tarde quero descansar
Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda esta forte
E vai ser bom subir nas pedras
Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...
Agora está tão longe
ver a linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção
Aonde está você agora
Alem de aqui dentro de mim...
Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você esta comigo
O tempo todo
E quando vejo o mar
Existe algo que diz
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem...
Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos,
Lembra que o plano
Era ficarmos bem...
Olha só o que eu achei
Cavalos-marinhos...
Sei que faço isso
Pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...
 
 
 
Preciso dizer mais?
é isso.

quinta-feira, dezembro 02, 2010

E lá se vão 14 anos...

Acabei de ler um texto incrível da Clarissa Passos que tem tudo a ver com o dia de hoje.
A única diferença do texto é que eu queria que fosse 96.


Hoje eu acordei nostálgica,
com vontade de ter 17,
de ter de volta os amigos de 17,
e também as preocupações que eu tinha com 17.
A prova final, o vestibular
e todos os sonhos que ainda tinha pra realizar.
Vontade de ter toda a vida pela frente.
De sair sem rumo pra andar.
Vontade de colocar Legião
e sair dançando pela casa
"como se não houvesse amanhã, 
porque se você parar pra pensar 
na verdade não há"...
Saudades daquele tempo
onde a maior preocupação
era tirar uma boa nota e
encontrar os amigos pra um violão
e mais legião, sempre legião.

É, infelizmente eu não tenho mais 17.
E não estamos em 1996.
O tempo voa.
E hoje eu me dei conta de que os anos se passaram
e eu nem sequer os vi passar.

será que ainda tenho tempo de realizar
os sonhos que eu tinha com 17?





Related Posts with Thumbnails