domingo, setembro 11, 2011

Por flor tenho loucura.


Eu nunca recebi flores.

Tá, até já ganhei um vasinho aqui outro ali de uma amiga e tal, mas não é disso que eu estou falando.

Tô falando de receber flores de alguém especial, como um mimo, um carinho. Receber flores quando menos se espera, com um cartãozinho com palavras doces e meladas dizendo que o jantar foi delicioso e que espera te encontrar novamente. Sabe como?
Pois é, esse tipo de coisa.
Já ganhei chocolates, livros, etc. Mas flores simplesmente não aconteceu.
Vejo aquelas cenas de filmes, onde o mocinho envia flores para a mocinha com um cartão fofo. Acho tão romântico.
Uma amiga outro dia disse que não suporta receber flores. Engraçado né? E eu acho tão fofo, tão romântico, tão singelo.
Fiquei pensando no significado que uma ação pode ter para diferentes pessoas.
O que para mim pode ser o top top para outra pessoa pode ser indiferente, normal, corriqueiro.
Somos sujeitos a sentimentos diversos sobre o mesmo assunto.

Um presente, a meu ver, não importa pelo valor ou pelo tamanho, mas sim pelo simples fato de que aquela pessoa se preocupou em procurar algo que tenha a ver com você, com suas características. Acho horrível quando alguém diz: escolhe o que você quiser. Mostra que aquela pessoa não te conhece ou não faz questão de conhecer e é mais fácil te pedir pra escolher. Se for assim, não me dê nada. Prefiro.
Acho que um presente é uma amostra de que a pessoa se preocupou em procurar algo pra você, algo de que você gostaria, que tenha a ver contigo. Presente por presente, melhor não dar.

E receber flores requer também uma certa preocupação da pessoa que as envia pois acho que cada mulher tem uma flor preferida e que mais a representaria.
Para algumas orquídeas, outras são como flores do campo. Outras ainda gostariam de receber begônias. Minha mãe era fã das margaridas.
Mas as rosas ainda são as campeãs para agradar qualquer mulher, talvez pelo signficado que demos a elas desde sempre.

O melhor é quando vemos que a pessoa se preocupou em preparar o buquê, pensou em que flores enviar e porque, e principalmente no cartão e nas palavras que escreveria.

Enviar flores não é somente um presente ou um galanteio, mas uma demonstração de que aquela pessoa é especial para você e que de certa forma você a quer por perto.

Eu nunca recebi flores.
Quem sabe um dia.




PS: Já recebi, um buquê lindo de rosas vermelhas. Foi emocionante! ;)



4 comentários:

Fernanda Zanol. disse...

Eu também nunca recebi flores. E, apesar de achar que morreria de vergonha se fosse num local público como acontece com algumas pessoas, queria muito que acontecesse comigo. Com certeza eu ia ficar horas com um sorriso bobo no rosto. :)

Quem sabe um dia né?
beijão

José Eron Lucas Nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Eron Lucas Nunes disse...

Alessandra, parece que estamos avançando tanto em alguns campos, tecnológico, por exemplo, e retrocedendo em outros, infelizmente. Espero que este momento mágico lhe venha tornar realidade em breve. Tenha uma ótima semana!

Panda Lemon disse...

Ganhar flores! Nunca tinha pensado nisso, mas certamente é um momento muito especial. Eu já ganhei de todo jeito.

Certa madrugada um namoradinho parou o carro do nada, correu e pulou o muro de uma casa, arrancou uma rosa da roseira, espetou o dedo no espinho e chupou o sangue enquanto me dava rosa.

Outra vez tava no trabalho, trabalhava com 19 invejosas mal comidas. Era 9 da manhã de meu aniversário e ninguém tinha me dado os parabéns, todas se concentravam na próxima história da minha vida, programa da Caiobá apresentado por Renato Gaúcho. O namoradinho da vez mandou um buquezão de 12 rosas bem vermelhas. A mulherada ficou roxa de inveja.

Muitas flores se passaram, e finalmente casei com um homem lindo que me dá rosa, orquídea, bonsai, nem precisa de data especial.

Ele vem do mercado com as compras, e uma orquídea. Ela viaja no aniversário de casamento mas manda as flores de onde estiver. Num aniversário que passei longe, no Colorado, lá no meio daquela neve gelada, chegaram as flores e um balão bem lindo.

Já ganhei também plantas maravilhosas, adoro plantas, de uma amiga da universidade. E um professor muito querido, que foi embora, antes de ir me deu seu vasinho com uma Comigo Ninguém Pode.

E todo casamento que fui, pra onde foram as flores do buquê senão pras poderosas patas da Panda!

Pelo jeito nasci pras flores!

Pilarzinha, fico indignada que eu, que nem mereço tanto, já ganhei tanta flor e vc nunca!

Mas aposto que logo logo vc vai receber as suas. E pode apostar, será de uma pessoa muito especial!

Daqui mando muitos beijos coloridos e com cheirinho de flor!

Related Posts with Thumbnails