quinta-feira, março 13, 2008

.Chuvitiba*.

* uma amiga usou hoje esse termo se referindo a nossa maravilhosa cidade. Não tem definição melhor pra esse dia e pra muitos daqui de Curita.

Bom, hoje o dia foi estranho. Daqueles que se arrastam sem explicação. E por mais que você queira, ele não termina nunca. Sei lá o que pensar. Mas hoje foi assim. Dia de colocar a cabeça no lugar, deixar o sangue no laboratório, consultar com dra endócrino louca pra se livrar da gente. Manhã inteira perdida, manhã inteira molhada. Sensação de estar faltando algo.

E chuva, muita chuva.
Desde cedo, desde ontem, desde anteontem. Muita chuva.

Eu sei que tava precisando, que o calor já tava insuportável, que com o tempo seco vêm junto um monte de coisas, mas a chuva desses dias foi braba. Gente morreu por essas bandas. É difícil imaginar que os extremos também são estranhos e são. Muito calor, muito seco: Problemas. Muita chuva: mais problemas.
E teve chuva de deixar a gente molhado n´alma sabe?
Os dias se arrastam como se durassem anos. E eu encontro-me em pensamentos. Devaneios sobre o que está por vir.
É, dia estranho.

.É isso.

Um comentário:

aqueladosbosques disse...

Fico feliz que você esta feliz que você esta feliz FELIZ!!

Related Posts with Thumbnails