quinta-feira, março 10, 2011

De quando a vida escapa por entre os dedos...

E então a vida segue. Uns dias assim outros nem tanto.
Quem pode controlar o que temos que passar nessa vida, não é mesmo?
Muita coisa se passa durante dias e horas a fio.
Eu sigo a vida. Tentando.
Tento ser mãe, tento ser amiga, tento ser mulher.
Tento seguir a vida.
E às vezes ela me escapa por entre os dedos. O que se há de fazer?
Quando você percebe já era. Passou e você nem viu.
Mas também não lamento, muita coisa não vivi, muita coisa eu chorei e senti.
E dizem por aí que a vida é assim.
Uns dias assim, outros nem tanto.
Quem há de saber, não é mesmo?

Vou tentar correr atrás do que perdi.
Vamos ver se terei pernas pra correr e tempo pra sentir.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails