sábado, junho 09, 2012

Palavras apenas...

Eu escrevo quando estou feliz, quando tudo está bem e no devido lugar.
Eu escrevo quando estou estraçalhada e quando o meu mundo desaba.
Eu escrevo de madrugada, quando acordo com ideias e frases inteiras na ponta da língua.
Tenho blocos e papéis ao lado da cama para que essas ideias não fujam.
Porque escrever me acalma o coração, me dá forças pra continuar e para aguentar o tranco, me faz superar as barras que a vida me impõe.
Escrever me alivia a alma e faz a vida entrar nos eixos novamente.
Eu escrevo no trânsito, no meio do engarrafamento, eu escrevo durante o banho e quando estou cozinhando.
Escrevo mentalmente textos completos que nunca sairão da minha cabeça, mas que me ajudam a pensar nas coisas da vida.
Escrevo num papel de pão, num guardanapo rasgado, numa folha de jornal, na lista de compras do supermercado.
Escrevo porque é o que me resta e o que me empolga.
Escrevo porque é das poucas coisas que me fazem bem e eu sei que estou no caminho.
Escrevo porque é o que faço direito.

Hoje eu escrevo porque sinto um vazio imenso mas a cabeça está cheia de perguntas sem respostas, dúvidas e sensações que eu não consigo explicar.




Que o tempo diga o que virá.

"A melhor coisa do futuro é que ele chega à razão de um dia de cada vez." Abraham Lincoln





Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails