quarta-feira, julho 20, 2011

A solidão como companheira.

Andam me fugindo as palavras. Passo por momentos de branco total, sem inspiração para escrever.
Acho que todo mundo tem um momento de recolhimento para seu mundo. E nesses momentos não dá vontade de abrir aos quatro ventos o que se está sentindo ou pensando.
Estou fechada em pensamentos.
Recolho-me para dentro de mim tentando me descobrir no meio dessa grande virada que aconteceu na minha vida no último mês.
A solidão é bem vinda e uma grande companheira. Preciso dela para colocar a cabeça em ordem.
Em dias assim sou péssima companhia, preciso de silêncio.

A felicidade de se reinventar a vida, se redescobrir como pessoa, como mulher.
Estou curtindo muito esse momento.



Vou lá viver um pouco, logo volto.

3 comentários:

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o Blog !
Gostei bastante de tudo por aqui,
e te convido para conhecer, seguir, meu espaço:

http://www.bolgdoano.blogspot.com/

Muito obrigada, desde já.

José Eron Lucas Nunes disse...

Boa noite, Alessandra!
"Vou lá viver um pouco, logo volto" foi demais. Parabéns! Adoraria ter escrito isso.
Sei bem como é esse negócio de parecer que a inspiração nos abandonou e foi socorrer outro desesperado por escrever. Mas não parece ser o seu caso.
Gostei do blog. Se me permitir, vou seguir.

Alessandra Pilar disse...

Oi Amanda, seja bem vinda! Que bom que gostou do meu espaço. Venha sempre. bjos

Olá José,
Que bom que gostou dos meus escritos. Venha sempre que quiser! Siga à vontade!!! E comente sempre que quiser.
bjos

Related Posts with Thumbnails