sexta-feira, abril 29, 2011

Preciso cortar os cabelos...

Meu humor anda péssimo.
E com isso a falta de paciência para escrever aumenta, e muito.
Sabe aquela vontade de ficar quieta num canto? Pois é.

Silêncio é bom. Às vezes. Mas há dias que o silêncio corrói.
Você não sabe o que está havendo e o porque de tanto silêncio.
Os medos. Olha eles aí, novamente.

Quando você pensa que começa a entender um pouco o andar da carruagem, ela muda drasticamente de rumo. Essa é a vida, cada vez mais difícil de entender.
Pra piorar ando chorando com comercial de margarina. Pode?

Ridiculamente sensível.

E numa busca incansável pelo meu eu, que anda perdido dentro desses mil problemas e redemoinhos da vida, sinto necessidade de mudar. E então a pessoa corta os cabelos.
Essa sou eu tentando mudar.

Numa tentativa vã de escrever um post, sai isso.
Vou me recolher à minha insignificância e ao péssimo humor.
Sem mais para o momento.

4 comentários:

Leonard M. Capibaribe disse...

Senti-me assim hoje. Contraído pela manhã de domingo e contrariado pelas horas solitárias. Vc esta linda... E o post é uma maravilha de realidade bem vinda.

Luciano disse...

Nem te conheço, talvez a gente nunca venha a se conhecer, mas eu creio que te escrevendo eu posso te ajudar. Não vou comparar problemas, mas tu tens a força de ser mulher, não é só com útero e não é só quando gesta que a mulher gera a vida.
Vi que és boa em expor os teus problemas, isto é meio caminho andado e um empurrão carinhoso para ir em frente, creio que o abismo que tens pela frente não seja tão grande quanto imaginas, talvez tenhas preguiça de levar as asas e a um pulo de dois passos encontrarás uma corrente ascendente, talvez eu não consiga ser tão claro ao escrever quanto o pensamento é claro para mim,
O que acaba com a preguiça de escrever é a certeza de que estás sendo lida, sou grossbrude@globomail.com se eu pude te ajudar isto vai me fazer sentir tão poderoso que poderei ajudar a mais pessoas, a bondade haverá de prevalecer e os corações serão obrigados a não serem tão duros, é só disto que depende a felicidade dos seres humanos.

Alessandra Pilar disse...

Oi Leo, mais uma vez obrigada pelo comentário tão carinhoso e motivador! hehe

Luciano, obrigada pela força. Saber que tem alguém lendo esses meus devaneios me dá, com certeza, vontade e ânimo para escrever!
Muito, muito obrigada!

Luara Q. disse...

Escreve muito bem!

Related Posts with Thumbnails